Consultoria

A Acesso Cultura presta serviços de consultoria junto de pessoas e entidades que queiram promover o acesso – físico, social, intelectual – aos espaços culturais e a projectos culturais específicos. Realiza ainda diagnósticos de acessibilidade no sentido da promoção e aplicação dos princípios de acessibilidade e apoio na implementação das consequentes recomendações.

Para solicitar um orçamento, é favor contactar-nos através do email geral[at]acessocultura.org

Comunicação (linguagem clara)

  • Casa Fernando Pessoa, Lisboa (2017)
    Consultoria no âmbito da exposição “Os Deuses Debruçam-se do Parapeito da Escada – Peças do acervo da Casa Fernando Pessoa”
  • Padrão dos Descobrimentos, Lisboa (2017)
    Consultoria no âmbito da exposição “Racismo e Cidadania”

Comunicação (redes sociais) 

  • Direcção-Geral do Património Cultural, Lisboa (2017)
    Apoio na implementação do Instagram

Estudos de público

  • Maria Matos Teatro Municipal, Lisboa (2017)
    Avaliação qualitativa da relação do público com a programação do Teatro, apresentada no âmbito da rede europeia House on Fire. Relatório final

Diagnósticos de acessibilidade física

  • Museu Nacional Ferroviário, Entroncamento (2017)
    Diagnóstico de acessibilidades para as pessoas com mobilidade condicionada; consultoria geral em acessibilidades
  • Casa Fernando Pessoa, Lisboa (2017)
    Consultoria para as Acessibilidades no âmbito da remodelação da Casa Fernando Pessoa.
  • Parceiros no projecto “Lisboa Histórica para Todos”, Lisboa (2016)
    Um projecto liderado pela Cooperativa Milacessos e financiado pelo programa Bip Zip da Câmara Municipal de Lisboa. Realizámos diagnósticos de acessibilidade em 5 espaços: Museu de Santo António, Museu do Aljube, Museu do Teatro Romano, Museu do Fado, Panteão Nacional.
  • Casa Fernando Pessoa, Lisboa (2015)
    Diagnóstico de acessibilidades para as pessoas com mobilidade condicionada, cegas ou com baixa visão e surdas: acessibilidade física; conteúdos do website, redes sociais e materiais de divulgação; programação e actividades do serviço educativo; necessidades de formação.
  • Centro Cultural de Belém, Lisboa (2015)
    Diagnóstico de acessibilidade para pessoas com mobilidade condicionada; diagnóstico de acessibilidade do website para pessoas cegas ou com baixa visão: acessibilidade física; conteúdos do website, redes sociais e materiais de divulgação; necessidades de formação.
  • Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa (2013)
    Diagnóstico de acessibilidades para as pessoas com mobilidade condicionada, cegas ou com baixa visão e surdas: acessibilidade física; conteúdos do website, redes sociais e materiais de divulgação; programação e actividades do serviço educativo; necessidades de formação.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s