Conferência anual 2017

“O problema não é apenas ‘digitalizar’ tudo aquilo que merece ser publicado na Web, mas também produzir novos conteúdos, propor novas actividades, explorar novas relações com e entre as artes.”
Antonio Battro (1999) “André Malraux Revisited: From the Musée Imaginaire to the Virtual Museum” [trad.]

A Internet, os meios digitais e a digitalização têm trazido profundas mudanças e oportunidades para o sector cultural, tanto para os profissionais que nele trabalham, como para as pessoas que com ele interagem, visitantes e utilizadores em geral.

O Rijksmuseum, na Holanda, foi um dos primeiros que procurou adaptar-se a este novo mundo, que questionou a sua posição, que conseguiu ultrapassar medos e reservas e que abraçou a política de acesso aberto. Outro museu de referência é o Staten Museum for Kunst, na Dinamarca, que será representado na nossa conferência pela keynote speaker Merete Sanderhoff. Ambos têm deixado a sua marca nas práticas do sector cultural europeu e internacional e ambos avaliam de forma muito positiva os resultados desta sua opção.

Ao longo dos últimos anos, a digitalização de colecções museológicas e de outros acervos culturais alcançou uma escala sem precedentes. Importa, por isso, questionar de que forma as instituições e o próprio público podem criar novos conteúdos e novas actividades, a partir desses objectos virtuais e de toda a informação que lhes está associada. Parece hoje evidente que, para além de investirem na democratização do acesso ao património e à cultura, as instituições devem fomentar uma apropriação crítica e criativa dos conteúdos que colocam online.

De que forma as instituições culturais portuguesas enfrentam esta nova realidade? O que é que está a ser feito no sentido de criar condições de acesso aberto? A quem se destinam estes recursos digitais e para que servem? Que dúvidas persistem? Que preocupações? Convidamos os profissionais de museus, bibliotecas, arquivos e outras instituições para uma reflexão conjunta sobre estas e outras questões relacionadas com a política de acesso aberto.

Nota: Haverá tradução simultânea português-inglês / inglês português.

Programa
Notas biográficas
Referências bibliográficas e outras
Lista de participantes

Comissão organizadora
Ana Braga
Helena Barranha
Maria Vlachou

Anúncios