MISSÃO
A Acesso Cultura promove o acesso – físico, social e intelectual – à participação cultural.

DEFINIÇÕES

Barreiras físicas: Obstáculos naturais ou artificiais (estruturais) que impedem a aproximação, transferência ou circulação no espaço, mobiliário ou equipamento urbano de pessoas com mobilidade condicionada.

Barreiras sociais: situações sociais que possam constituir motivo de dificuldade no acesso aos espaços e à oferta cultural. Por exemplo: nível de escolaridade, iliteracia, desemprego, isolamento social, escassez de oferta cultural na zona onde uma pessoa reside, isolamento geográfico, cumprimento de pena judicial, etc.

Barreiras intelectuais: Barreiras que impeçam ou dificultem o usufruto pleno da oferta cultural por pessoas que: têm baixa literacia; não possuem conhecimento técnico e/ou científico especializado; têm deficiências ou limitações sensoriais – por exemplo, cegos, surdos; pessoas com défice de atenção; pessoas com deficiência intelectual; pessoas com condições do espectro autista;
pessoas cuja primeira língua não é o português; e outras.

A verdadeira igualdade de oportunidades pressupõe um acesso:
Directo
Imediato
Permanente
O mais autónomo possível

OBJECTIVOS

A Acesso Cultura é uma associação sem fins lucrativos de profissionais da cultura e de pessoas interessadas nas questões de acesso.

Os nossos principais objectivos são:

– Colocar as questões relacionadas com o acesso – físico, social e intelectual – no centro da reflexão e da prática do sector cultural;
– Contribuir para a preparação técnica dos profissionais da cultura em questões de acesso de forma a promover a mudança no terreno;
– Promover o diálogo e a reflexão sobre as questões de acesso em fóruns públicos;
– Intervir publicamente sempre que o direito de acesso à cultura não seja respeitado.

No sentido de cumprir sua missão e objectivos, a Acesso Cultura:

– Organiza formações nas áreas ligadas ao acesso;
– Realiza auditorias e consultorias técnicas em espaços culturais (em construção ou existentes), no sentido da promoção e aplicação dos princípios de acessibilidade e apoio na implementação das consequentes recomendações;
– Organiza seminários, conferências e workshops, com o objectivo de criar um fórum de debate e de promoção de boas práticas;
– Promove e participa no desenvolvimento de projectos de investigação, aplicada na área do acesso;
– Participa em projectos que procurem promover a reflexão e as boas práticas relativas ao acesso;
– Divulga notícias e estudos relativos ao acesso;
– Procura estabelecer relações de cooperação com organismos congéneres, nacionais ou estrangeiros ou outros que se revelem úteis à prossecução dos seus fins.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s