Design inclusivo: mito ou realidade?

NOVAS DATAS A ANUNCIAR

Nota: Instituições interessadas em proporcionar esta formação internamente podem contactar-nos e solicitar um orçamento através do email geral[at]acessocultura.org

Esta formação procura introduzir o conceito de Design Inclusivo, apresentando um breve enquadramento sobre o seus pressupostos e evolução. De forma a clarificar como este conceito pode ser aplicado em situações reais, serão analisados casos de estudo de produtos, ambientes e elementos de comunicação onde a inclusividade tenha sido abordada de forma relevante. Procurar-se–á iniciar um processo de reflexão sobre o impacto sociocultural do design inclusivo, partindo das temáticas da acessibilidade e do envelhecimento demográfico, enquanto estímulos para a criação de novas soluções.

Formador
Renato Bispo

Público-alvo
Profissionais de museus e da cultura em geral, designers, arquitectos, curadores, profissionais responsáveis pela criação de exposições, estudantes de museologia, de design, de arquitectura.

NOTA BIOGRÁFICA

Renato Bispo é Professor na Escola Superior de Artes e Design em Caldas da Rainha, é membro das Comissões Técnico-científicas da Licenciatura em Design Industrial e do Mestrado em Design de Produto. Explora uma abordagem humanizada do design, onde o comportamento humano assume um papel central no desenvolvimento de novos produtos. Desenvolve investigação e divulgação na área do Design Inclusivo, que o leva a trabalhar regularmente como autor, consultor e a participar periodicamente em conferências nacionais e internacionais. Neste momento encontra-se a desenvolver um projecto de investigação sobre o estigma associado à utilização de ajudas técnicas de mobilidade.

8 thoughts on “Design inclusivo: mito ou realidade?

    • Cara Daisy, o formador já está confirmado. Em princípio, na próxima semana teremos toda a informação reunida e iremos divulgar. Já segue o nosso website e facebook? A informação ficará disponível nestes meios.
      Abraço,
      Maria Vlachou

      • Obrigada pelo retorno.
        Assim como a Luisa Aguiar tambem quero saber se ha possibilidade de fazer a formação através de Skype? Moro no Brasil, no estado do Rio Grande do Sul. Obrigada.

      • Cara Daisy, tal como respondemos à Luisa Aguiar, o Skype não é uma plataforma fiável para este tipo de transmissões e, infelizmente, não podemos considerá-lo como alternativa.
        Um abraço,
        Maria

    • Cara Luísa, obrigada pelo seu contacto. As ligações via Skype falham muito. Já assistimos a alguns cursos desta forma (a transmissão fica parada, pode faltar o som, etc), achamos, por isso, que não vale a pena considerar esta hipótese. Se quiser, envie-nos um email (o nosso endereço está na homepage) e explique-nos melhor qual o seu local de residência, para vermos o que se pode fazer.
      Abraço,
      Maria Vlachou

    • Cara Joana, obrigada pelo seu contacto. Temos sido contactados por várias pessoas na zona norte interessadas nos nossos cursos. Já temos conseguido alguns dos apoios que necessitamos. Vamos continuar com os nossos esforços e esperamos poder em breve anunciar a realização de cursos na vossa zona.
      Abraço,
      Maria Vlachou

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s